Preço da hipnoterapia
(seção 'Artigos recentes')

Os custos relacionados à hipnoterapia costumam gerar muita dúvida em quem pretende se submeter a este tratamento.

Algumas pessoas entendem que os valores cobrados na hipnoterapia são elevados. E de certa forma elas têm razão, quando se observa o custo individual de cada atendimento.

Porém, quando se avalia o preço total do tratamento, é fácil perceber que se trata de uma modalidade terapêutica com custos bastante acessíveis.

Mas para entender a dinâmica dos valores cobrados é necessário conhecer algumas peculiaridades sobre a hipnoterapia no Brasil.

A hipnoterapia moderna vem se desenvolvendo desde a década de 50 do século passado, estando atualmente bem consolidada em grande parte do mundo.

No entanto, esta evolução permanente não ocorreu no Brasil. Isto porque em 1961 o então presidente Jânio Quadros (que teve o menor mandato da história da República - 7 meses) adotou uma série de medidas consideradas (já à época) um tanto incompreensíveis / esdrúxulas.

E em meio à proibição do uso de biquínis nas praias e a realização de corridas de cavalos em dias úteis, Jânio assinou em 22 de julho daquele ano o Decreto nº 51.009, que proibia a hipnose em todo o território nacional (embora o objetivo fosse coibir a hipnose para entretenimento - hipnose de palco - a falta de clareza do texto do decreto atingiu também a hipnose com finalidades terapêuticas).

Este decreto esteve em vigência durante três décadas (foi revogado pelo Decreto n.º 11 de 19/01/1991), tendo gerado grande atraso no progresso da hipnoterapia no Brasil, que se reflete nos custos deste tratamento até os dias atuais.

E isto acontece porque esta prolongada ruptura no estabelecimento da hipnoterapia impediu que se desenvolvessem aqui grandes mestres nesta área do conhecimento. Hoje ainda é possível contar nos dedos das mãos os professores no Brasil que possuem larga experiência na prática da hipnoterapia.

Em função disto os aspirantes a hipnoterapeutas muitas vezes precisam buscar formação adequada no exterior, ou se juntam em grupos / associações para trazerem profissionais de outros países para ministrarem cursos aqui (ambas as situações consideravelmente onerosas).

Além disto a hipnoterapia é uma das áreas da saúde que mais requer atualização constante, pois é uma modalidade terapêutica que caminha ‘pari passu’ com os avanços nas neurociências.

E juntando os valores inerentes à formação com a necessidade permanente de atualização, não há mágica que permita a um profissional da área desconsiderar esses custos na formação dos preços cobrados em seus atendimentos.

Isto posto, é verdade que o custo-hora do atendimento de um hipnoterapeuta costuma ser superior aos valores cobrados em outras modalidades terapêuticas.

Mas como já mencionado, isso não significa que o tratamento com hipnoterapia é mais caro. Muito pelo contrário.

A metodologia das principais vertentes da hipnoterapia costuma demandar uma quantidade muito pequena de atendimentos / sessões, o que faz com que o custo total do tratamento se torne extremamente acessível.

Entendendo e comparando os custos de diferentes linhas da hipnoterapia

Outra questão que costuma gerar dúvidas é relativa aos diversos modelos de tratamento, que geram formas distintas de cobrança.

Enquanto algumas modalidades concentram o atendimento em poucas sessões com com mais tempo de duração (até quatro horas), outras vertentes da hipnoterapia se baseiam em mais sessões com menor tempo de duração (geralmente uma hora).

Aqui vamos tratar das duas modalidades mais consolidadas e referenciadas pela comunidade científica: hipnoterapia modelo OMNI (regressão à causa / idade) e hipnoterapia ericksoniana.

Cabe destacar que os valores expostos referem-se a profissionais bem qualificados, com formação pelas principais instituições na área da hipnoterapia e hipnose clínica.

>> modelo OMNI

Custo da consulta de avaliação / anamnese (uma hora de duração): entre R$ 220,00 e R$ 350,00 (custo médio: R$ 285,00).

Custo da sessão de hipnoterapia (até quatro horas de duração): entre R$ 900,00 e R$ 1.300,00 (custo médio: R$ 1.100,00).

Custo de sessões de revisão: normalmente os hipnoterapeutas da modalidade OMNI não cobram por este tipo de atendimento.

Preço final (médio) do tratamento completo: R$ 1.385,00.

Observação: em virtude do tratamento OMNI demandar poucos atendimentos com muitas horas de duração, os custos acabam ficando bastante concentrados. Em função disto, a grande maioria dos hipnoterapeutas OMNI oferece a possibilidade de parcelamento em até 12 vezes no cartão de crédito.

Isto faz com que o preço final do tratamento completo (R$ 1.385,00, em média) possa ser pago em até 12 parcelas de R$ 143,24 (em média).

>> hipnoterapia ericksoniana

Custo do atendimento em hipnoterapia ericksoniana (uma hora de duração): entre R$ 200,00 e R$ 300,00 (custo médio: R$ 250,00).

O tratamento completo com hipnoterapia ericksoniana costuma demandar entre 6 e 12 atendimentos, o que faz com que o preço final médio fique em torno de:

- R$ 1.500,00 para tratamento com 6 sessões
- R$ 3.000,00 para tratamento com 12 sessões

Fatores que necessitam de atenção

1 - fique atento(a) quando os custos cobrados estiverem muito distantes das faixas acima apresentadas.

Há profissionais que cobram preços bem inferiores, o que pode significar formação de baixa qualidade, desatualização profissional ou mesmo pouca experiência na área de hipnoterapia.

Por outro lado, existem profissionais que investem demasiadamente em publicidade e/ou divulgação em redes sociais, arcando com altos custos (que invariavelmente são repassados aos preços cobrados).

2 - ao fazer o primeiro contato com o profissional de sua escolha, peça que ele detalhe claramente os possíveis custos totais do tratamento (valor da consulta de avaliação e da sessão de hipnoterapia, quantidade estimada de sessões, tempo de duração destes atendimentos etc.).

Dispor previamente destas informações é muito importante para que você possa avaliar se os custos do tratamento são compatíveis com suas possibilidades (alguns profissionais cobram valores iniciais bastante convidativos, mas na primeira consulta apresentam custos totais totalmente desproporcionais).

Seções sugeridas

Índice